Trail-O
Em paralelo com a prova de Orientação Pedestre (Taça de Portugal), organizada pelo CPOC (Clube Português de Orientação e Corrida) e pela Câmara Municipal de Montemor-o-Novo, vai decorrer uma prova de Orientação na variante de Trail-O.

No Trail-O são utilizados os mesmos materiais da Orientação Pedestre (balizas, mapas), estimulando o contacto com a natureza (floresta, parque) sem a pressão do tempo ou da corrida, portanto sem competição física, tratando-se então de um desporto adequado para portadores de deficiência motora, caminhando ou em cadeira de rodas, manual ou eléctrica, com eventual assistência, só na progressão.
Pode portanto ser praticado por qualquer pessoa, já que a competição é mental.

Como decorre o Trail-O

A prova desenrola-se num trajecto em pista acessível, na qual se localizam pontos de decisão assinalados no terreno (não no mapa).
De cada um deles avistam-se várias balizas (2 a 5, conforme o grau de dificuldade da prova), devendo o concorrente ler o mapa, onde se assinala a baliza correcta com um círculo. Deverá então ser escolhida pelo atleta a resposta correcta (balizas A até E, vistas da esquerda para a direita no terreno), a registar num cartão de controle, com o picotador fornecido pela organização.
A prova decide-se pelo número de respostas correctas, podendo criar-se 2 ou 3 decisões cronometradas para desempate (medindo-se nesses casos apenas o tempo de decisão). Estes pontos não estão assinalados no mapa do atleta, sendo apenas disponibilizados no momento do controle.
- O atleta não pode sair dos trilhos para se aproximar das balizas no terreno.
- O eventual acompanhante não pode interferir nas decisões do atleta.
- O mapa contem ainda a sinalética (informação adicional) dos pontos de controle, incluindo a direcção de observação a partir do ponto de decisão, confirmando assim o trilho de aproximação ao controle.

Para participar, o competidor tem vantagem em conhecer os símbolos utilizados nos mapas de orientação (ISOM da IOF) e a sinalética de descrição dos controles (Control Descriptions 2004 da IOF), alem do uso básico da bússola. Os documentos referidos estão disponíveis em www.orienteering.org (ver Publications e Trail-O). A FPO disponibiliza traduções - contactos em www.fpo.pt.

Escalões de participação
Aberto Masc/Fem - Participantes de qualquer idade (acima dos 12 anos), condição física e experiência.

A prova terá nível médio (B), com 3 balizas para cada decisão e 10 pontos de decisão. Será utilizado cartão de controle e picotador, fornecidos pela organização. Será utilizado um mapa novo, na escala de 1:2000 (cartógrafo Alexandre Romeiras).

Nota: Só atletas paralímpicos (com alguma incapacidade física permanente, conforme a definição do Comité Paralímpico Internacional) são elegíveis para eventuais provas internacionais, incluídos em selecção nacional.

Para qualquer esclarecimento adicional, contactar o CPOC, a Câmara Municipal de Montemor-o-Novo - Desporto, a Banca do Orientista (nos dias de prova) ou o responsável pelas actividades no Parque Urbano (Alexandre Romeiras - E-Mail: alexandre.romeiras@cpoc.pt)

 
Apoios

Federação Portuguesa de Orientação Câmara Municipal de Montemor-o-Novo Freguesia de São Cristóvão

Banco Espírito Santo Atari Vitalis Unicer Hero Muesly

Oracle New Link Solutions Inambu, Comércio de Produtos de Electrónica, Lda. Gateway Louis Dutschmann - SILVA TYCO PROGELCONE