CPOC Notícias

[2011-09-29] Balanço da XVII Taça dos Países Latinos / XIX Campeonato Ibérico (Petrer, Alicante - Espanha)


No fim-de-semana de 17 e 18 de Setembro, decorreu, em Alicante, um evento que, para além de contar para a Taça de Portugal, constituía também o XIX Campeonato Ibérico (primeiro aberto à generalidade dos participantes) e englobava ainda a XVII Taça dos Países Latinos.

Apesar da longa viagem (superior a 1000km), o CPOC fez-se representar por 14 atletas.

A Vera Alvarez participou, em representação de Portugal, na Taça dos Países Latinos (TPL) no escalão de Cadetes Femininos e foi 3.ª na distância longa e vice-campeã na distância média e no "sprint". Se tivesse competido no Ibérico (o percurso era idêntico ao do escalão D16), teria sido 3.ª na longa (atrás de 2 espanholas) e teria ganho o "sprint" e a distância média, uma vez que só ficou atrás da atleta romena que participava na TPL.

Quanto aos restantes participantes portugueses, que competiram no Campeonato Ibérico, o destaque vai para a Alexandra Coelho que foi vice-campeã em D40, só sendo superada pela Anabela Vieito do COC. Foi 3.ª na distância longa e 2.ª na distância média e no "sprint".

A Mariana Moreira foi 4.ª na Elite Feminina, sendo a segunda melhor portuguesa, atrás da Catarina Ruivo. Apenas 4 atletas espanholas classificadas em 9 inscritas, o que mostra que a Elite feminina espanhola também está a viver um momento de crise de participantes neste escalão. A Mariana fez o seu melhor resultado no "sprint", onde só foi derrotada pela espanhola Ona Rafols.

O Diogo Barradas foi 12.º, mas foi o único português classificado no seu escalão (H18A) e a sua melhor prova também foi o "sprint", onde foi 5.º. O João Pedro Valente fez um excelente resultado na longa (H35A), sendo o melhor português (8.º na geral). Na média, foi apenas 13.º, mas voltou a ser o melhor português presente. O Carlos Coelho foi 9.º e segundo melhor português em H50, com o melhor resultado a ser obtido no "sprint", onde foi 5.º e melhor português. O José Pires, no mesmo escalão (H50), foi 10.º e 3.º melhor português, tendo o seu melhor resultado sido o 8.º lugar na distância média, mas que lhe valeu ser o melhor português, feito que lhe irá valer o seu primeiro 100 no "ranking" pedestre da Taça de Portugal. O Vítor Rodrigues fez um excelente 3.º lugar final em H55, tendo, como ponto alto, o seu resultado no "sprint", onde foi 4.º (tendo os 3 primeiros sido portugueses). Entre as nossas jovens, a melhor classificada foi a Maria Firmino, que ficou em 7.º lugar em D16 e obteve o seu melhor resultado no "sprint" com um 8.º lugar (5.ª melhor portuguesa).

Esta foi a penúltima prova de nível 1 da Taça de Portugal de 2011, que irá ter a última prova deste nível a 29 e 30 de Outubro e que será o Campeonato Nacional Absoluto organizado pelo Ori-Estarreja.

Luís Santos

  - Site da prova: http://www.orientacionpetrer2011.com/

  - Mapas do João Pedro Valente: https://picasaweb.google.com/113377398227091836517/Orientacao2011?authkey=Gv1sRgCJDB04a0oLy7-QE (duas ultimas imagens, Xorret y Rabasa)